O Exposé sobre “Massa e propaganda” e as primeiras interpretações de Siegfried Kracauer do nazifascismo

  • Carlos Eduardo Jordão Machado
Palavras-chave: Exílio, nazifascismo, propaganda, setores médios, distração, não-contemporâneo e o mais contemporâneo

Resumo

Com a ascensão de Hitler ao poder e em particular com o incêndio do parlamento alemão, [no] final de fevereiro de 1933, Kracauer inicia a difícil experiência do exílio e, mais complicado ainda, suas tentativas de interpretação do nazifascismo que vão culminar no seu estudo, só publicado em 2012, sobre a Propaganda totalitária (1936-38) para o Instituto de Pesquisa Social. Aqui discutimos seus primeiros passos: o artigo escrito para a revista L’Europe Nouvelle de maio de 1933 e o Exposé “Massa e propaganda”, [de] dezembro de 1936.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Jordão Machado

In memoriam. Doutor em filosofia pela Gesamthochschule Universität Paderborn e professor aposentado da Universidade Estadual Paulista (Unesp – campus de Assis).

Publicado
2018-12-09
Seção
Artigos fluxo contínuo