O pensamento conservador no Amazonas

a interpretação de Arthur Cézar Ferreira Reis sobre a formação do Brasil

  • Carlos Henrique Gileno
  • Rodrigo Dantas de Medeiros
  • Ricardo Lima da Silva
Palavras-chave: Pensamento conservador no Brasil, Arthur Cézar Ferreira Reis, formação nacional

Resumo

Considerado um dos maiores historiadores da Amazônia, o amazonense Arthur Cézar Ferreira Reis (1906-93) produziu igualmente obras que analisaram a história brasileira. Nesse sentido, este artigo objetiva estudar a interpretação do autor sobre a formação nacional ao abordar alguns dos seus escritos referentes aos processos de organização do poder da Colônia até a ruptura oligárquica de 1930. As conclusões são de que Arthur Cézar Ferreira Reis possuía uma visão conservadora da história, em que os processos políticos e sociais ocorreriam de maneira lenta e sem rupturas radicais, guiados por uma elite intelectual que defendia a organização institucional e política de um estado planejador e interventor.

Biografia do Autor

Carlos Henrique Gileno

Membro do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Araraquara).

Rodrigo Dantas de Medeiros

Mestrando pela Unesp/Araraquara.

Ricardo Lima da Silva

Professor do Instituto Federal do Amazonas (IFAM). Doutorando pela Unesp/Araraquara.

Publicado
2019-11-26
Seção
Dossiê Pensamento conservador brasileiro do século XX