O sentido e a extensão da crítica lukácsiana à ontologia de Nicolai Hartmann

Palavras-chave: ontologia do ser social, Nicolai Hartmann e György Lukács, marxismo e ontologia

Resumo

No artigo, propõe-se explicitar a crítica que György Lukács realizada à ontologia de Nicolai Hartmann, em sua obra Para uma ontologia do ser social. Contra o que argumentam vários comentadores de Lukács, busca demonstrar a inexatidão da tese da forte influência que Hartmann exerceu no pensamento das obras tardias lukácsianas.

Biografia do Autor

Ronaldo Vielmi Fortes, Faculdade Serviço Social - UFJF

Prof. Adjunto da Faculdade de Serviço Social - UFJF. Doutor em filosofia pela FAFICH-UFMG. E-mail: vielmi.ronaldo@ufjf.edu.br.

Publicado
2021-09-27
Seção
György Lukács: 50 anos de sua morte