Voltar aos Detalhes do Artigo O sentido e a extensão da crítica lukácsiana à ontologia de Nicolai Hartmann